CVM, Comissão de Valores Mobiliários

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) foi criada pela Lei nº 6.385, de 07 de dezembro de 1976, surgiu com vistas ao desenvolvimento de uma economia fundamentada na livre iniciativa, e tendo por princípio básico defender os interesses do investidor.


A CVM tem a finalidade de disciplinar e fiscalizar o mercado de valores mobiliários, aplicando punições àqueles que descumprem as regras estabelecidas, oferecendo um conjunto de informações que permita ao cidadão tomar decisões de investimento conscientes.


Também oferece ao mercado as condições de segurança e desenvolvimento capazes de consolidá-lo como instrumento dinâmico e eficaz na formação de poupanças, de capitalização das empresas e de dispersão da renda e da propriedade através da participação do público de uma forma crescente e democrática.